COMPARTILHE
Geisel
Foto do arquivo público de Ernesto Geisel, presidente do Brasil entre 1974 e 1979, durante a ditadura militar

O vasto acervo do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) agora pode ser consultado de forma livre e gratuita por meio do aplicativo App FGV.


Criado em 1973, o CPDOC reúne o mais importante conjunto de arquivos pessoais de homens públicos do País, totalizando cerca de 1,8 milhão de documentos.

Entre os documentos disponíveis via app se encontram entrevistas do Programa de História Oral, verbetes do Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro, mais de 80 mil fotografias digitalizadas, publicações como The Brazilian Economy, revista mensal do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE/FGV), entre outros.

Destacam-se também os acervos pessoais de Getulio Vargas, Ernesto Geisel, Eurico Gaspar Dutra, João Goulart e Anísio Teixeira. O próximo a integrar o acervo digital é o arquivo pessoal de Gustavo Capanema, um dos campeões de consulta.

Para acessá-lo e realizar buscas não há necessidade de criar um cadastro. Com a finalidade de facilitar a navegação pelo conteúdo, há um sistema de busca por palavra-chave, ordenação e filtros.

O aplicativo está disponível para download gratuito tanto para dispositivos Android quanto iOS.