COMPARTILHE
Escola Fernão Dias
Movimentação de estudantes em frente ao Escola Estadual Fernão Dias, uma das primeiras a serem ocupadas por alunos

Dias antes do governo de São Paulo cravar quem serão os 311 mil alunos transferidos de suas escolas para outras unidades no plano de reorganização da rede pública, cujo objetivo é fechar 94 unidades, alguns estudantes resolveram ocupar suas escolas em protesto.


Em Pinheiros, uma das áreas mais nobres de São Paulo, a ação atraiu uma reação policial desproporcional e agora a Escola Estadual Fernão Dias vai se tornando símbolo da crise.

Veja lista de escolas que o governo do Estado pretende fechar

A Fernão Dias, na avenida Pedroso de Moraes, amanheceu ontem trancada por dentro pelos próprios alunos. Pais e outros estudantes voltaram para casa, enquanto alguns aderiram e entraram. Os policiais cercaram a instituição e o quarteirão.

Na região metropolitana de São Paulo, a escola estadual Diadema também está ocupada por alunos, mas sem a mesma repercussão. Em Mogi das Cruzes, a tradicional escola estadual Firmino Ladeira, estava na lista para fechar, mas na semana passada a decisão foi revista após protestos.

O secretário Herman Voorwald anunciou que as famílias e estudantes seriam recebidas nas escolas para informar das transferências e fechamentos de cada um no próximo dia 14, sábado.

A reorganização foi anunciada no final de setembro, mas as escolas envolvidas só seriam listadas em novembro. O anúncio dos nomes acabou antecipado, mas estudantes, professores e comunidade reclamam que não houve qualquer diálogo.

As ações dos alunos estão sendo transmitidas quase ao vivo em páginas do Facebook como “Não fechem minha escola”.

  • João Guilherme

    Lastimável. Uma vergonha que terá de ser amplamente denunciada em todos os Fóruns, nacionais e internacionais. Dessa forma, nos sensibilizamos com o movimento ‘NÃO FECHEM MINHA ESCOLA’.

  • Leonardo Koppes

    Fechar o Fernão Dias Paes só tem um objetivo: atender a especulação imobiliária. Além do mais é um prédio histórico que deveria ser tombado. Esse governador criminoso não tem a menor vergonha de demonstrar o seu desprezo pela educação pública. As crianças e adolescentes da região só terão como opção as escolas particulares para estudar. Fica claro que a ação do governo e de todo o partido que esse pilantra representa é de sucatear a escola pública em detrimento de “outros interesses”.

  • Deciocar

    isso é a cara da esquerda…Pátria Educadora…rsrsrsrs

  • Os estudantes estão sendo manipulados pelas mentiras que a Apeoesp -a serviço do PT- está espalhando. E pelo PCdoB, que dirige a Upes. É ação partidária. Estão fazendo terrorismo com pais e alunos dizendo que as escolas serão fechadas, quando já foi explicado que as unidades que estiverem ociosas vão abrigar novas creches, Etecs e Fatecs, que também são escolas. As escolas com apenas um ciclo vai melhorar ainda mais a educação

    • ROBÔ DETECTADO! Ou então vc está sendo muito bem pago por alguém para defender de forma tão ferrenha o governo Alckimin.

      Estou colhendo informações sobre as ocupações das escolas em diversos sites e esta já é a sexta notícia na qual você faz exatamente o mesmo comentário. No mínimo suspeito.

  • Ze Sergio

    Parabéns a esta rapaziada que tomou a escola para si. Este país só avançará quando toda a sociedade tomar coragem e fizer como estes meninos. A era de aceitar tudo de boca calada, com medo dos incompetentes que estão no Poder já acabou. Novamente Parabéns!!!!

  • E eu com isso?

    Os país dos alunos, caso tenham votado nesse governador, devem estar pensando onde estavam com a cabeça no momento do voto e com certeza estão muito arrependidos. É sintomático o fato de não terem conversado com a comunidade antes e denota o grande e histórico descaso dos governantes do PSDB com a educação.

  • Vantuir

    A direita quer manter os pobres burros

  • Vantuir

    Eles querem fechar escolas para salvar a veja da falência.

  • Josh Dilson

    Eu bem que avisei para não votarem nele

  • jaime cacildo Araujo

    É o modo tucano de governar, porém a lastima maior é o fato que a sociedade brasileira, simplesmente faz de conta que essa praga de governo esta certa nessas ações que tem como único objetivo sucatear o ensino de São Paulo, já deu para perceber que os governos tucanos não gostam de professores e muito menos de alunos, vejam o que o fascitucano Beto Richa fez com os professores do Paraná, essa criatura medíocre tentou fazer o mesmo que o fascista Alckimin esta pondo em prática ai no Tucanistão, porém voltou atras acoado pela própria base aliada, mas pelo o que se observa ai em SP, ta bom pra todos, ai só faltava um deserto pra virar um estado fundamentalista tipo os istão do mundo, todavia pelo jeito com a água o grande Alckimin já acabou, agora é só acabar também com as escolas, virou de vez um Tucanistão…

    • Jhumberto

      Quem sucateou a educação foi a sua presidente que em um dia anuncia a Pátria Educadora e no dia seguinte faz um corte de R$ 14 bilhões n Ministério da Educação. Que critica você fez à presidente? Gostaria que me contasse o que achou do governo do PT no Rio Grande do Sul, no Distrito Federal, e o que acha do governo federal já que vamos ter uma queda de quase 5% no PIB?

  • Dura_Realidade

    Curioso, oque faz o MTST, invadindo 6 escolas? Achei que eram trabalhadores sem Teto, não Movimento dos Trabalhadores Sem Trabalho…
    E porque nem a APEOESP, nem os “manifestantes” não divulgam oque exatamente eles querem ou não querem em detalhes?
    Já que a APEOESP nunca se manifestou quando cortaram 50% da verba do Ministério da Educação agora em 2015, apesar de sendo filiada à CUT, fica mais fácil entender o “panorama geral”…

  • Pingback: Estudantes ocupam escolas na cidade de São Paulo. | Focas na Área()

  • Pingback: Alckmin recua e adia a reorganização escolar - Cenpec()

  • lis

    tenho uma curiosidade , como vai funcionar depois que acabar a ocupação , os passes livres para os alunos que ainda vão estudar em janeiro ?

  • Pingback: Participa e ação: 2º Seminário Est. Participação – Direito Humano de Crianças e Adolescentes | AMENCAR()