COMPARTILHE
Conflito Oriente Médio

The Ethnic 
Cleansing 
of Palestine
Ilan Pappé
Oneworld Publications Limited, 2007
Ilan Pappé é um dos principais historiados israelenses que fizeram uma revisão da história de Israel. Nesta obra, sem tradução no Brasil, ele discute a criação do Estado de Israel e argumenta, por meio de documentos e entrevistas, que os palestinos foram deliberadamente expulsos em um plano de limpeza étnica, elaborado antes de 1948 por líderes sionistas.
Imagem e Realidade do Conflito 
Israel-Palestina


Norman Finkelstein
Record, 2005
Norman Finkelstein é um dos judeus mais conhecidos na luta pró-palestina. Cientista político norte-americano e filho de sobreviventes do Holocausto, Finkelstein desenvolveu pesquisa sobre o uso dessa tragédia para fins políticos e econômicos. Nesta obra, ele discute os fundamentos do sionismo e analisa eventos contemporâneos, como o processo de paz dos anos 1990.

A Muralha de 
Ferro – Israel 
e o mundo árabe
Avi Shlaim
Editora Fissus, 2004
Avi Shlaim também está entre a lista de historiadores israelenses que pesquisam a narrativa oficial do Estado de Israel, focando-se, sobretudo na relação de Israel com os países árabes e na origem do movimento sionista. Neste livro, Shlaim contesta a versão israelense da Guerra de 1948 e expõe os princípios basilares do Estado de Israel – a exclusão da população nativa árabe.

Orientalismo – 
O Oriente como invenção do Ocidente
Edward Said
Cia das Letras, 2007
Edward Said é um dos mais proeminentes intelectuais palestinos. Crítico literário e ativista político, em Orientalismo, seu livro mais famoso, Said desenvolve a ideia de que o Ocidente fabricou uma imagem fictícia sobre o mundo árabe, marcada pelo signo do exotismo e da inferioridade, que embasou a dominação colonial.

100 Mitos sobre 
o Médio Oriente
Fred Halliday. 
Tinta da China
Lisboa, 2008
Pesquisador de Relações Internacionais, Fred Halliday esteve envolvido em toda a sua carreira acadêmica em debates sobre o Oriente Médio, nos quais procurou desconstruir a predominância da cultura e religião nos estudos sobre a região. Neste livro, ele selecionou cem fatos históricos, do conflito na Palestina até a Guerra Irã-Iraque, que foram mal interpretados, 
explicando-os.