COMPARTILHE
Créditos: Agência Brasília

Estão abertas até o dia 30 de julho as inscrições ao Prêmio Professor Rubens Murillo Marques, uma iniciativa da Fundação Carlos Chagas que busca valorizar e divulgar experiências educativas inovadoras, propostas e realizadas por docentes dos cursos de Licenciatura na formação de professores para a educação básica.


Cada professor formador pode inscrever apenas um projeto; as experiências formativas também devem ter sido realizadas e concluídas no ano anterior ao do lançamento do Edital, além de corroboradas por documentação comprobatória.

Os projetos inscritos serão avaliados por uma comissão de especialistas e um comitê executivo que tomarão como base alguns critérios, tais como: (a) Coerência, pertinência e adequação das ações desenvolvidas aos objetivos do projeto e aos do PRÊMIO; (b) Clareza da redação e adequação à norma culta.; (c) Potencial do projeto no que diz respeito aos procedimentos didáticos empregados visando à aprendizagem da docência do futuro professor com alunos da educação básica; (d) Originalidade dos procedimentos didáticos empregados, ou seja, utilização de estratégias diferentes das usuais, que tenham sido criadas, agregadas ou adaptadas pelo autor do projeto visando à aprendizagem dos licenciandos; (e) Análise do potencial multiplicador da experiência.

Leia Também:
“Precisamos ajudar os professores a trocar de papel”

A divulgação dos premiados ocorre no dia 2 de outubro e a premiação no dia 23 de novembro, oportunidade em que o projeto vencedor será contemplado com 20 mil reais, diploma, troféu e publicação no site da Fundação Carlos Chagas.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente via internet, com o preenchimento do formulário online disponível no site da FCC.